Seu portal de festas, eventos e informações

Notícias

Atletas participam de avaliações de futebol

Jogadores do futebol de base da associação e Grupo Esportivo Destaque1000 de Américo Brasiliense, participam de avaliações ‘peneira’ de futebol.

Atletas do futebol de base do projeto esportivo da associação e Grupo Esportivo Destaque1000, de Américo Brasiliense (SP), estão participando de avaliações para clubes profissionais, durante o mês de maio, junho e julho.

No dia 27 de maio, quatorze (14) jogadores do projeto estiveram no campo municipal da cidade de Ibitinga e foram avalizados por um observador ‘olheiro’ do Desportivo Brasil, que após gostar do desempenho de alguns atletas, pretende dar continuidade na avaliação, durante o mês de julho. De acordo com o olheiro, o elenco Sub 15 do Destaque 1000 é bom e uma observação com maior profundidade deverá ser feita.

No último dia 02 de junho, outra avaliação foi feita, desta vez em Araraquara, por um olheiro do PSTC de Londrina (PR), que mesmo aprovando um garoto araraquarense, voltou aos gramados no outro dia, para ver os jogos do campeonato da Associação Atlética de Futebol. No elenco Sub 15 do Destaque1000,que entrou em campo pela competição,  três (3) nomes entraram na lista do olheiro para outra avaliação.


Atletas durante avaliação do Desportivo Brasil, em Ibitinga. (Foto: DL/DESTAQUE1000.COM)

De acordo com Denílson Lopes, responsável geral pelo projeto esportivo do Destaque, os jogadores em evidencias no bom desempenho dentro e fora de campo, em escala, serão levados para mais uma ‘peneira’ a ser realizada nesse mês. Segundo o responsável, o objetivo é mostrar para os atletas, que seguir o bom caminho no ambiente familiar, educativo e social pode render resultados de grande satisfação não só nas categorias trabalhadas, como também na estrutura de vida.

Ainda segundo Lopes, o trabalho desenvolvido na esfera esportiva, atualmente com mais de 80 alunos, não visa fins lucrativos e boa parte das crianças e adolescentes estão mudando sua forma de agir e viver, através dos métodos aplicados. Em trecho final, Denílson evidenciou que muitos jovens e crianças chegam ao futebol “viciado por problemas” e a falta de estrutura psicológica e um possível desamor familiar é o principal desafio dos educadores esportivos para correção e melhorias.


Atletas durante avaliação do PSTC, em Araraquara. (Foto: DL/DESTAQUE1000.COM)

Fonte: DESTAQUE1000.COM | Postagem: 11/06/2017 | 15h09

Comentários

ANTES DE ESCREVER SEU COMENTÁRIO, LEMBRE-SE: o site Destaque1000.com não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Nome
E-mail
Cidade
Comentário
 

Destaque1000.com.br - 2005 / 2017. Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento Artistadaweb (Obrigatório citar a fonte em fotos e matérias)