Seu portal de festas, eventos e informações

Notícias

Américo realiza 1º simulado de acidente

Simulação de acidente entre carro, ônibus e pedestres movimentou vários funcionários da prefeitura de Américo e mobilizou viaturas de emergências.

Organizado pelo Departamento de Saúde do Município de Américo Brasiliense, em parceria com Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) regional, o 1º Encontro de Urgência e Emergência realizado na manhã do último domingo (20) na Praça do Cruzeiro, região central da cidade, chamou à atenção de motoristas e transeuntes que passaram pelo local. A movimentação de ambulâncias que mantiveram as suas sirenes ligadas durante todo o percurso realizado e, as dezenas de profissionais em atendimento às vítimas de uma simulação de acidente entre ônibus, carro e pedestres na praça, fez com que o trânsito também ficasse lento nas proximidades.

Antes da simulação de socorro as vitimas, a coordenado do Samu municipal, Adriana Aparecida Alves Freitas, realizou um trabalho de orientação durante alguns dias da semana, orientando todos os profissionais como agir no momento da ocorrência que seria realizada.


Simulação de acidente na praça do Cruzeiro. (Foto: DL/DESTAQUE1000.COM)

O evento apoiado pela prefeitura local contou também com a participação e capacitação de funcionários e integrantes da Defesa Civil, brigada de incêndio, vigilância sanitária e trânsito.

Após todos os equipamentos e as pessoas envolvidas estarem em sinal de alerta para o inicio da ocorrência, às 9h 57 minutos a coordenadora iniciou os trabalhos, ligando para o SAMU regional e através de um microfone aberto ao público solicitou o pedido de ajuda.


SAMU - durante socorro emergencial na praça do Cruzeiro. (Foto: DL/DESTAQUE1000.COM)

O início
De acordo com o cronômetro acionado pela reportagem, às 9h58 uma ambulância do SAMU que saiu do bairro São Judas Tadeu chegou rapidamente ao local do acidente. Na sequencia, às 10 horas, uma ambulância social que saiu do bairro Jardim Vista Alegre foi à segunda unidade que chegou à ocorrência. Por volta das 10h06 mais uma ambulância também adentrou- se no perímetro do acidente. Outras ambulâncias não tiveram registros de tempo.

Separados por gravidades de lesões e riscos, às vitimas eram colocadas em local isolado na praça, já os feridos considerados como graves eram transportados para o hospital local em ocorrência considerada vermelha, ou seja: atendimento de prioridade que exigem agilidade e rapidez.


Simulação de acidente com vitíma fatal. (Foto: DL/DESTAQUE1000.COM)

Além dos profissionais envolvidos, também participaram do evento: Eliana Marsilli(Diretora da Saúde), o vereador Leandro Morales (Leandro Mancha) Graziela Fernanda dos Santos(Enfermeira Chefe), Vanessa Santos (Coordenadora da Vigilância Sanitária), Valmir Luppe(Coordenador da Defesa Civil), João Amaral(Diretor de Comunicação) e dois policiais militares.

Devido compromissos assumidos, o vereador Roberto Rodrigues Job (Roberto da Anchieta) e o diretor de transportes Silas Fernandes compareceram apenas no final do evento.


Funcionários da Saúde, SAMU e o vereador Leandro Mancha. (Foto: DL/DESTAQUE1000.COM)


Pontos positivos

Considerando que é a 1º vez que funcionários e integrantes da Saúde participaram de uma  simulação de acidente, os resultados de aprendizado foram indicados como satisfatórios e de suma importância para um melhor atendimento nas unidades de Saúde.

Segundo a diretora de Saúde e também a coordenadora do SAMU, novas simulações e melhorias na capacitação de funcionários serão ampliadas dentro do município.

Pontos Negativos

Mesmo com convites e orientações vindas da prefeitura, solicitando a participação da população para que pudessem conhecer os procedimentos emergenciais em casos de acidentes, apenas um número muito pequeno de moradores participaram.

Outro fator que também chamou à atenção é a falta de respeito de alguns motoristas que não dão prioridade ao sinal de emergência dos veículos do SAMU, ambulâncias e até bombeiros. Em alguns casos, mesmo com sirenes ligadas e sinais de luzes, motoristas não dão prioridade para o salvamento de vidas.
 

Observaçoes 

Segundo apontamentos observados pela reportagem durante a simulação, mesmo reconhecendo às dificuldades dos profissionais envolvidos, muitos destes, necessitam de uma atenção especial para o aprimoramento de seus conhecimentos durante um atendimento emergencial, para que dessa forma sua qualificação não caia em descredito no momento em que surgir uma ocorrência considerada grave.

Entre alguns pontos analisados ficou destacado que alguns motoristas de ambulâncias não conseguiram driblar as dificuldades do trânsito, principalmente em semáforos. Em outros, membros da Defesa Civil e enfermeiros também apresentaram dificuldades em lidar com situações apresentadas como fictícias. 

Fonte: DESTAQUE1000.COM | Postagem: 21/08/2017 | 04h23

Comentários

ANTES DE ESCREVER SEU COMENTÁRIO, LEMBRE-SE: o site Destaque1000.com não publica comentários ofensivos, obscenos, que vão contra a lei, que não tenham o remetente identificado ou que não tenham relação com o conteúdo comentado. Dê sua opinião com responsabilidade!
Nome
E-mail
Cidade
Comentário
 

Destaque1000.com.br - 2005 / 2017. Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento Artistadaweb (Obrigatório citar a fonte em fotos e matérias)