Seu portal de notícias, festas e eventos.
Notícias

Vereadores não querem ser velados na câmara

Em caso de morte, o presidente do legislativo Divaldo de Camargo Pereira e a vereadora Marly Pavão afirmaram que em hipótese alguma querem ser velados na câmara.

A primeira sessão do ano de 2018, realizada na Câmara de Vereadores de Américo Brasiliense (SP), na noite da última segunda-feira, dia 05, iniciou-se com total  ‘alfinetadas’ e discordâncias sobre o trabalho da equipe de governo do poder executivo. Para alguns vereadores, o prefeito Dirceu Pano (PSDB) e sua equipe de trabalho estão cometendo equívocos administrativos e necessitam de uma reavaliação urgente.


Membros do Grupo Unidos Por Américo, durante sessão na câmara. (Foto: DL/DESTAQUE1000.COM)

Ainda durante a sessão, durante mensagens com objetivos de homenagear pessoas falecidas na cidade, o vereador Luzimar Alves dos Santos (PR) se desentendeu com o ex-vereador Augusto Santana Rios que estava na plateia, ladeado do grupo ‘Unidos Por Américo’. Em um clima de agressão verbal com trocadilhos para ambos os lados, não precisou de microfones para que o fato fosse registrado com clareza.

Durante o entrevero, o presidente do legislativo Divaldo de Camargo Pereira (PSD), buscou ser rigoroso e manteve a ordem no prédio do legislativo. Percebendo um clima totalmente desagradável na área legislativa, o 1º secretário Joaquim Aparecido Nunes (PRB) transmitiu uma importante mensagem de reflexão, onde ambas às partes envolvidas demonstraram sinal de arrependimento pelas atitudes impensadas que foram lançadas.


Presidente Divaldo Camargo acalmou o conflito. (Foto: DL/DESTAQUE1000.COM)

Após um período de reflexão, percebendo-se o erro cometido entre as duas partes, Luzimar e Augusto externaram os pedidos de desculpas e arrependimentos em relação ao conflito.


Vereador Joaquim Nunes transmitiu mensagem de reflexão. (Foto: DL/DESTAQUE1000.COM)

Não queremos ser velados na câmara

Em clima de tristeza ao relembrar o falecimento do ex-vice-prefeito Victório Brizolari Neto (Netinho Brizolari), ocorrido no último dia 03, vereadores municipais explicaram que Netinho já tinha deixado em vida o seu desejo de não ser velado no prédio do legislativo.

Diante do assunto, a vereadora Dr. Marly Pavão (PMDB) e o presidente Divaldo de Camargo também tornaram público que um dos seus desejos, caso venham falecer algum dia, é o de não serem velado no prédio da câmara.


Em caso de morte, Dr. Marly Pavão não quer ser velada na câmara. (Foto: DL/DESTAQUE1000.COM)

Em um tom rigoroso, Dr. Marly afirmou que no prêdio da câmara existem muitas brigas e intrigas e um certo tipo de  ‘espírito ruim’. A vereadora foi categórica ao dizer que nesse local ‘câmara' não quer seu velório de maneira alguma.


Sessão da Câmara de Américo Brasiliense. (Foto: DL/DESTAQUE1000.COM)


Poucas pessoas acompanharam a sessão da câmara. (Foto: DL/DESTAQUE1000.COM)

Fonte: DESTAQUE1000.COM | Postagem: 06/02/2018 | 23h58
PUBLICIDADE
<br />
<b>Warning</b>:  Illegal string offset 'alt' in <b>/home/desta/public_html/v5/site/noticiasVer.php</b> on line <b>237</b><br />
I
Outras Notícias
PUBLICIDADE
Infinity
Destaque1000- 2005/2018.

Todos os direitos reservados
(Obrigatório citar a fonte em fotos e matérias)
Desenvolvimento Artistadaweb